Homosexual love and relationships concept. Interracial gay couple relaxing at cafe: African-American man in sweater holding hand on his stylish bearded Caucasian boyfriend's shoulder in trendy hat

Tendência homossexual: Inata ou adquirida? Propondo uma síntese.

Autor: Prof. Dr. Flávio Krzyzanowski Júnior
Data Publicação: Aceito publicação pela Journal of Human Sexuality 
Idioma: Português
Título Original: Tendência homossexual: Inata ou adquirida? Propondo uma síntese.
Link: (ainda não disponível)

Este artigo aborda um tema controverso já há muito tempo: a questão se a tendência
homossexual em homens é inata ou adquirida. Vários estudos na área de genética
demonstraram haver uma possível influência genética na questão da homossexualidade, sendo
esta mais forte nos homens do que nas mulheres. Por outro lado, a psicologia traz contribuições
da psicanálise sobre este tema, falando sobre a questão do pai ausente e abusivo, bem como
traumas causados por outros membros do mesmo gênero levando ao isolamento defensivo.
Quem teria a razão? Neste presente artigo levantamos a hipótese de que os fatores biológicos
envolvidos na tendência homossexual se manifestariam na alta sensibilidade de algumas
crianças, uma vez que este traço predisporia os meninos ao distanciamento defensivo bem
como a desenvolver feridas de gênero causadas por outros homens. Esta hipótese pretende
esclarecer os diversos estudos publicados que evidenciam que as causas da origem da
homossexualidade em homens poderiam ser tanto genéticas como ambientais.